Neste Post você terá um Passo a Passo para se tornar um Micro Empreendedor Individual (MEI) e umas coisinhas a mais.

Eu creio que se você tem a intensão de iniciar um negócio, se puder fazer do jeito certo, de forma regular é sempre melhor.

Vou te passar algumas informações para você pensar e também ter mais propriedade para tomar a decisão se ser um MEI é o mais adequado para você e para o seu negócio.

Microempreendedor Individual (MEI) é a pessoa que trabalha por conta própria e que se legaliza como pequeno empresário. Muitos profissionais podem se tornar Micro Empresários Individuais: autônomos, agentes, artesões, vendedores, comerciantes, esteticista, fotógrafos …. há uma lista enorme e você pode pesquisar na lista de atividades permitidas no Portal do Empreendedor.

Na minha opnião vale á pena se tornar MEI por alguns motivos:

  • ter uma empresa constituída transmite credibilidade e segurança
  • Muitos clientes (principalmente empresas e órgãos públicos) só irão comprar de você se você emitir Nota Fiscal
  • Você terá registro no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ), o que facilitará a abertura de conta bancária, o pedido de empréstimos e a emissão de notas fiscais.
  • Você terá benefícios como a auxílio-maternidade, auxílio-doença, aposentadoria, etc
  • Como o MEI se enquadra no Simples Nacional, ele ficará isento de tributos federais (Imposto de Renda, PIS, Cofins, IPI e CSLL). Assim, pagará apenas o valor fixo mensal de R$ 45,00 (comércio ou indústria), R$ 49,00 (prestação de serviços) ou R$ 50,00 (comércio e serviços), que será destinado à Previdência Social e ao ICMS ou ao ISS. Esses valores serão atualizadas anualmente, de acordo com o salário mínimo.

Porém é importante que você avalie alguns itens, pois o Micro Empreendedor Individual tem se enquadrar nestes quesitos:

  • ter faturamento de até 60mil reais por ano (5 mil reais em média por mês)
  • Empresa Individual, não admite sócios.
  • No máximo 1 funcionário
  • Não pode ser proprietário ou sócio de outra empresa.
  • Contribuição ao INSS de 11% sobre um salário mínimo.

Para que você consiga fazer tudo direitinho, reuni algumas informações que poderão ajudar você a entender melhor esse negócio de MEI. É muito simples!

Eu sou MEI há algum tempo e acho super tranquilo tocar meu negócio sem precisar de ajuda.

Cadastro do MEI?

A abertura da MEI é bem simples e é quase toda feita online.

  • Acesse o site da Receita Federal e preencha um formulário Específico para requerimento de MEI
  • Localize o termo Simples Nacional e clique no Portal do Microempreendedor
  • O próprio portal é auto explicativo e orienta direitinho como fazer para se formalizar
  • Tem também um manual completo com as orientações do MEI
  • Preencha o formulário do MEI, você precisará de seus dados pessoais, documentos e comprovante de residência
  • Assim que o requerimento for liberado, você já terá o CNPJ liberado.

Fique atento: Antes de inscrever para se tornar um Microempreendedor Individual consulte a Prefeitura para saber se a atividade pode ser exercida em seu Município, inclusive quanto ao local e à forma de atuação (endereço fixo, comércio ambulante etc).

O Sebrae oferece um grande apoio ao MEI e eles disponibilizam um telefone de contato e um Portal especialmente para os Microempresários:

 0800 570 0800

Portal do Empreendedor

No Portal do Empreendedor você terá todas as informações e poderá tirar dúvidas sobre o processo de abertura do MEI.

Espero ter ajudado e que você consiga decider com mais propriedade se o MEI se encaixa em sua atividade e se é a melhor opção para você.

Bons negócios, etc e tal.