A gente vem falando por aqui de formas de criar os filhos com mais apego, com mais qualidade de tempo e com mais consciência.

Agora chegou a hora de falarmos especificamente sobre a Parentalidade Construtiva, este é um dos assuntos que mais tenho falado e estudado nos últimos tempos.

O que é a Parentalidade Construtiva?

O termo Parentalidade não é usado aqui no Brasil, mas eu quis trazê-lo e usá-lo, pois transmite exatamente o que quero abordar: a relação Parental que se refere ao pai ou a mãe em uma ação conjunta ou separada visando o ser humano em desenvolvimento.

Definimos por Parentalidade Construtiva o processo consciente associado ao processo natural e intuitivo de criar os filhos. Dessa forma cada família constroe a forma ideal de criar seus filhos.

A Parentalidade Construtiva envolve o conjunto de responsabilidades dos pais para com o ser humano em Desenvolvimento e integrados nos cinco domínios das dimensões (CE, 2008: 144) :

  1. necessidades físicas da criança (engloba atividades que visam a satisfação das necessidades básicas da criança como a alimentação, repouso e higiene);
  2. segurança da criança (engloba atividades que visam a proteção da saúde e dos perigos e os cuidados na doença da criança);
  3. desenvolvimento, comportamento e estimulação da criança (englobando as atitudes para a promoção de comportamentos adequados e atividades de promoção do desenvolvimento e estimulação da criança);
  4. comunicação positiva com a criança (englobando atitudes positivas e o desenvolvimento de interação entre pais e crianças e a adoção de relacionamento de afeto e amor) e
  5. disciplina positiva (incluindo a promoção do autocontrole e o estabelecimento de limites à criança com consistência e amor).

A ideia é que possamos ter uma relação fundada na responsabilidade.

Parentalidade Construtiva é exercer a atividade de mãe e pai de forma consciente expandindo cada vez mais a percepção de si mesmo e do seu filho, desenvolvendo assim um olhar mais autêntico, respeitoso e amoroso frente a criança .

Penso que uma das maiores responsabilidades do ser humano é criar uma pessoa e sei que com consciência podemos construir e moldar um ser humano mais independente, feliz e social.

Os pais precisam se tornar conscientes da natureza de seu papel, trabalhando com  justiça, coerência, amor, apego e positividade. Sabemos que este é um processo de resgate da criança que esta dentro de você e também um processo de entendimento que os padrões que você aprendeu de criação e educação podem ser melhorados.

Daremos muitas dicas, apoio e mentoria para que este processo mais feliz e leve.

Você não esta sozinho, Vamos juntos?

Construção, etc e tal.